A Universalidade Relativa da Verdade

Segundo Montaigne (1533-1592) a verdade é relativa, pois não existe uma universalidade aplicável a todas as pessoas. Na nossa complexidade somos únicos na diversidade do eu e somos iguais no que há de comum no ser . O caminho para a verdade parte portanto da autodescoberta do ser, para aa descoberta do outro através dasContinuar lendo “A Universalidade Relativa da Verdade”