O anjo Caído e as lições da história para um património decolonial

Num postal colocado na lista Museum o nosso colega Pedro Cardoso Pereira alerta para o processo de relevância no património. A sua tese, com a qual estamos de acordo, tem por base a ideia de que atualmente, aquilo a que chamamos Património (que na verdade é já pela sua complexidade patrimónios) sofreu uma mudança deContinuar lendo “O anjo Caído e as lições da história para um património decolonial”

Coimbra tem mais encanto na hora da despedida.

Coimbra do Mondego, cantada por poetas, alcandorada no morro da Alta, feita univesidade e cantadeira do fado, que a condição de patrimonio da humanidade enche se de turistas pela manhã. Com eles o espaço vai se transformado. Que transformação e esta? Ao sair de Estação em direção ao alto, atravessa-se o velho bairro comercial. DecrépitoContinuar lendo “Coimbra tem mais encanto na hora da despedida.”

Cimeira de Berlim do Património Cultural

A Cimeira foi um momento culminante deste Ano Europeu. Se é verdade que há ainda muito para fazer, pode afirmar-se que o aprovado “Apelo de Berlim” constitui um documento fundamental que põe a tónica na defesa da Cultura, da Educação e da Ciência como fatores de desenvolvimento sustentável, de diversidade e de paz. Oliveira MartinContinuar lendo “Cimeira de Berlim do Património Cultural”

EN DEFENSA DEL INSTITUTO BRASILERO DE MUSEOS EN REPUDIO A LA PRIVATIZACIÓN DE LOS DERECHOS CULTURALES

Los abajo firmantes -organizaciones, instituciones, colectivos, trabajadorxs y comunidades vinculadas a los museos y la cultura- nos pronunciamos en reconocimiento y apoyo a los derechos culturales del pueblo brasilero, en defensa de sus museos y de las políticas públicas desarrolladas e implementadas a través del Instituto Brasilero de Museos (IBRAM) durante los últimos 15 años.Continuar lendo “EN DEFENSA DEL INSTITUTO BRASILERO DE MUSEOS EN REPUDIO A LA PRIVATIZACIÓN DE LOS DERECHOS CULTURALES”