Jean-Jacques Rousseau (1712 — 1778)- A emergência do Individuo

†

Filósofo do iluminismo europeu. Foi um importante teórico suíço que afirma que o ser humano é naturalmente bom mas o processo social corrompe-o.

Ancorado num pensamento finalista, que oscila entre vícios e virtudes, define o estado natural do ser humano como uma virtude. A vivência em sociedade, sobretudo as instituições educativas da época retiram-lhe a liberdade e torna-o vicioso. Advoga para isso a necessidade de criar um ser humano novo, criado em liberdade de acordo com os princípios da natureza. Seria a liberdade que permite desenvolver a capacidades de julgar sobre o bom e o mau.

A sua principal obra no campo da educação, considerada uma obra fundadora da pedagogia europeia é o Livor “Emílio, ou Da Educação” uma obra escrita 1762, que no seu tempo foi considerada muito avançada por contestar os normas existentes. O livro chegou a ser proibido e queimado pela suas ideias antirreligiosas. Durante a Revolução Francesa o livro fundamenta a criação do sistema educação nacional francês

Com base na sua filosofia natural e dos fundamentos da liberdade, relaciona o individuo com a sociedade. A sua questão de partida é como pode o indivíduo conservar a sua bondade inata (natural), sem que seja corrompido pela sociedade. Rousseau propõe o desenvolvimento duma Educação que permita o ser humano viver com os valores da liberdade, influenciado através dos seu atos a transformação da sociedade corrupta.

No livro Emílio, o autor desenvolve um diálogo entre o jovem e o seu tutor, ilustrando o processo ideal de educação dos jovens. Neste livro encontramos conselhos sobre a educação das crianças e jovens. Dividido em cinco partes, as primeiras três são dedicados à infância, o quarto à adolescência, para no quinto e último livro se dedicar à educação de “Sofia”, futura esposa “ideal” de Emílio

Bibliografia:

Paiva, Wilson Alves de (2010) Da reconfiguração do homem: um estudo da ação político-pedagógica na formação do homem em Jean-Jacques Rousseau, Tese de Doutoramento, São Paulo USP

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30072010-141045/pt-br.php

Paiva, Wilson Alves de (2011). Emílio, texto e contexto, publicado pela Revista Portuguesa de Pedagogia. https://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/1339