Os museus são coisas demasiado sérias para serem levados a sério!

Um dos sintomas da decadência dos museus portuguese é a atroz impossibilidade de neles se manifestar o Riso. Ao entrarmos num museu, raros são os sorrisos que vemos nos seus visitantes. Não há espaço para nos rirmos. Os objetos plasmados nos seus plintos não suscitam qualquer riso. Quando saímos dos museus não sentimos qualquer felicidade,Continuar lendo “Os museus são coisas demasiado sérias para serem levados a sério!”

Cafe Marselha-Barcelona

Cafe onde parei com regularidade vai par 40 anos. Na epoca o barrio xino tambem conhecido por El Raval era frequentado por anarquistas e povo barcalones. Com os jogos olímpicos, várias intervenções urbanas criaram novas urbanidades. Ontem passei por la. Estava fechado. Nao bebi o absinto que sonhei. Cafés de memorias perdidas.

Mercat des Encants

Numa tarde chuvosa de final de verão, caminhando pela cidade de Barcelona em busca do mercat des encants. Uma feira de velharias e antiguidades inserida numa ares da cidade em requalificação. Barcelona e os seus contrastes. A praca da glória com um imponente centro comercial ao ar livre, a criar um centralidade urbana, capitalista, emContinuar lendo “Mercat des Encants”

A Dimensão Social da Cultura e a Europa

O fenómeno cultural, tal como hoje o delimitamos, é indubitavelmente um fenómeno europeu. Por essa razão é estranha a ausência de referências, até ao momento, sobre à dimensão cultural nos programas de preparação dos encontros sobre a “dimensão social da Europa, que ao que tudo indica se concretizará em maio no Porto. Da parte dosContinuar lendo “A Dimensão Social da Cultura e a Europa”