Um País Chocado com uma campanha difamatória

Raquel Varela

Escrevo este texto porque uma jornalista contactou-me a propósito de “milhares de caracteres” de artigos “publicados por mim em capítulos de livros, ou livros”. Sublinho, porém – não tomem este caso como o de todo o jornalismo, temos excelentes jornalistas e muitos em choque com esta campanha, que fizeram questão de subscrever a carta pública em minha defesa e de me escrever pessoalmente. Escrevo a todos os que me leem, criticam com diálogo, e que me merecem o maior respeito.

Três notas rápidas: legal, ética, e mais importante, no fim, a substancial – uma campanha difamatória que, em três semanas, ganhou contornos de campanha pública e privada de terror.

Ter um artigo científico publicado também em capítulos de livros não só é prática comum, legal, ética corretamente, como útil cientificamente. Qualquer autor com uma obra publicada tem dezenas de trechos de textos republicados em capítulos de livro ou em livros…

Ver o post original 1.044 mais palavras

Publicado por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural Museu Afro Digital - Portugal. Museu da Autonomia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: