Categorias
Diversidade Cultural

XXVI – Museus de perguntas ou museus de estórias?

Ondem, dia 18 de Maio, foi o Dia Internacional dos Museus, em Portugal coincidente com a sua reabertura ao público. Em si é bom a reabertura deste tipo de equipamentos que são lugares de cultura. A cultura é um nutriente relevante de ser humano. Tão relevante como os alimentos que ingere, que são também eles elementos de cultura, tal como as formas de lazer e as formas de sociabilidade e relacionamento. Trata-se dum relevante reconhecimento da sua necessidade.

Como temos vindo a salientar, nestes dias internacionais verificam-se um conjunto de proclamações que procuram alinhar princípios. Poderei estar enganado mais muitas vezes percebe-se que há uma desconformidade entre as proclamações nestes dias e as práticas dos museus.

Em termos básicos, as questões lançadas, proclamações correspondem a questões problemas, lançados aos museus. Devem ser abordadas de forma crítica. Raramente vemos os museus problematizar essas questões. São poucos os museus que colocam questões lançam desafios, e muitos são os museus que contam estórias. Em regra estória já consolidadas e que correspondem a visões do munto a a convicções das aristocracias e elites de cada território.

Mas se essa é uma realidade herdada com a qual as diferentes instituições se foram consolidam ao longo dos diferentes tempos desses museus, será importante pensar como é que os seus profissionais podem começar a pensar uma museologia de perguntas. Em suma uma museologia crítica e autónoma!

Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.