Categorias
Sem categoria

Drogas e desenvolvimento (Crónica da Guiné XXI)

Que as sociedades desencolvidas ganharam a batalha xontra a mortalofade atraves dos sistemas de saude e um dado xonhecido. Tembem o ė na relacao entre a reducao dad doenças infeciosas com o desenvolvimento do saneamento basico e da higiente. A descoberta dos antibióticos foi uma impprtante ferramenta contra endemias como as penumonias as tuberculosas.

E certo que nao resolveu tudo. Ciclicamente sugem ‘”fenomenos” estranhos como os ebolas, os hiv/sida; as gripes das aves e os corono vírus. A esperança desenvolve se mais uma.vez no desenvolvimento da farmacopeia. Ppr vezes, cada vez mais sonoro, chama se a atenção para as práticas de vida saudável, xom apelo ao combate ao sedentariamo, o uso do tabaco, o consumo de alcool, a dieta alimentar, etc.

Ha uma crenca que a replica dos siatemas de saude ou das praticas de saude do norte,, permitirão aos povos do Sul, entenda se Africa e Sudoeste Asiatico, sair da pobreza extrena, da elevada taxe se mortalidade infantil, e da reducao de fome e pobreza. A saude e a esciola sai dois instrumentos potentes, que sao a base dessa *crença*

Talvez esta não seja a palavra mais adequada. Mas traduz uma parte do que pretendo pro lematizar. Nao basta distribuir medicamentos ou fazer os alinis ir à escola parq qui isso suceda.

Nos proximos dias ampliaremos essa reflexão a partir da experiencia da Guiné

Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.