Categorias
Sem categoria

Canchungo (Crónica da Guiné XX)

Ao longo do dia viajei par Canchungo pela 2 vez numa semana. O objetivo e dar apoio a distribuição de medicamentos na comunidade.

A jnxustria farmacêutica encarrega se de fazer chegar genericos em frascos brancos, pililas de cor. Vermehas para desparasitação, azuis para suplemento vitamínico às crinacas com menos de 5 anos. O objetivo e prevenir a desnutrição.

Depois de abertos, o responsável pela manipulação dos mesicamentos espalha os comprimidos numa mes e co ta os em pequenos montinhos. Seguirão amanhã, pelas 7 para suzana, varela e São Domingos, e serão distribuídos pela rede de Agentes de Saúde Comunitaria nas diversas tabankas.

Uma rotina que alimenta una roda gigante de atores. Mobiliza a comunidade e que dá oportunidade de conhecer uma realidade local.

Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.