Categorias
Educação patrimonial

Durkheim (1858-1917) e a Sociologia da Educação

Emile Durkheim, um dos fundadores da Sociologia francesa, e habitualmente considerado um dos primeiros teóricos da sociologia da educação. Nos seus trabalhos considerou que um dos objetivos das escolas e dos processos de escolarização é criar indivíduos sociais, por via da formação de valores e da criação de atores sociais adaptados às condições da sociedade em que vivem. Para do princípio que existe um caminho que os cidadãos devem percorrer para “ascender” a uma cultura democrática que permita o usso das ferramentas adequadas ao trabalho socialmente útil.

A sociologia da educação defende a criação duma “escola republicana”, com forte identidade nacional (língua, história) alicerçada nos valores da democracia e da ética. A escola republicana permitiria a integração dos jovens na sociedade. Por essa razão a escola é considerada uma instituição central do estado, instrumento das políticas publicas para a igualdade, para a liberdade. De uma forma geral a escola republicana concretiza uma parte do programa revolucionário republicano novecentista.

A partir dos anos sessenta do século XX, a sociologia da educação francesas surge a procurar explicar a persistência malgrado a universalização do acesso à escola normal básica. De certa forma a sociologia da educação percebeu que apesar do acesso universal, a escolarização não resolve todas das contradições que se desenvolvem na sociedade, nomeadamente na sua relação com o acesso ao trabalho. De certo modo a sociologia da educação dá conta que as transformações do modelo económico e do trabalho são mais celeres que as respostas do modelo de educação, pensado para uma longa duração (18/23 anos). A educação, por sí só não resolvia-os problemas das desigualdades sociais, mas pelo contrário estava a contribuir para a continuidade dessas desigualdades. Os grupos sociais mais desfavorecidos não conseguem romper com o ciclo de pobreza porque recebem uma menor atenção e dispõem de menos recursos sociais adaptados no seio do grupo familiar.

Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.