Categorias
Educação patrimonial

Jean Piaget (1896- 1980) A epistemologia genética

Jean Piaget foi um biólogo e psicólogo que desenvolveu em Genebra a teoria da epistemologia genética, defendendo uma abordagem interdisciplinar para a investigação epistemológica. Defendeu uma teoria epistemológica com base na genética do pensamento humano.

Desenvolveu algumas teorias de Claparède, que ampliou através dos estudos de génese e do processamento cognitivo das crianças e jovens. Piaget delimita um campo de estudos sobre o pensamento infantil e o raciocínio lógico.

A sua teoria de estádios de desenvolvimento, formalizada entre 1940 e 1945 resultou da observação sobre o desenvolvimento dos seus filhos, define os 4 estádios do desenvolvimento cognitivo no ser humano:

O sensório Motor, que emerge com o nascimento, é onde se manifesta as sensações através de práticas estimuladas pelos sentidos. Forma-se as categorias de espaço e tempo, da causalidade e da relação com o mundo exterior através de objetos.

De seguida, pelos 2-3 anos desenvolve-se o estádio Pré-operatório, caracterizado por um pensamento essencialmente indutivo, baseado no eu, egocêntrico, sem uma diferenciação dos diferentes pontos de vista dos outros. Há uma dualidade de entendimento do mundo.

No estádio das operações concretas, por volta dos 7-8 anos dá-se início ao descentramento do eu. Processa-se uma passagem da intuição á lógica do concreto, dá-se o início da descentração. Aquisição da capacidade de perceber a reversibilidade das operações, explicações causais, noções de permanência de substância, peso e volume. Sentimentos de respeito mútuo e de justiça (distributiva e retributiva), moral da cooperação (correlata á lógica da reversibilidade), aparecimento da vontade como regulação da ação

No quarto e último estádio, a partir dos 10/12 anos emergem as operações formais ou pensamento abstrato: Desenvolve-se a capacidade de raciocínio lógica operatória abstrata, dá-se a descentração do eu de forma mais completa, emerge o pensamento proposicional e hipotético-dedutivo. Elaboram-se esquemas formais de lógica combinatória e de proporções. Dá-se a construção da autonomia.

Estes estádios dependem de individuo para individuo e dos contextos sociais em que vivem. Segundo Piaget cada criança só aprende o que está preparado para aprender e assimilar, cabendo ao professor o papel de dirigir e aperfeiçoar o processo de descoberta dos alunos.

Piaget era crítico da Escola Tradicional, de ensino magistral e autoritário, herdado do século XIX, contrapondo a uma nova escola critica, não diretiva. A teoria educativa de Piaget está baseada em três pilares. A compreensão da génese do pensamento na criança, a construção do real, na criança e a formação dos símbolos. Com eles demonstra que a capacidade cognitiva do ser humano nasce e se desenvolve em processo que pode ser orientado e potenciado. O conhecimento para Piaget, nasce da interação entre “sujeito-objeto”. Um conhecimento intersubjetivo em interação

Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.