Categorias
Cidade Mundo

Jornada Republicana no Museu da Republica do Rio de Janeiro – 19 de março

No dia 19 de março, terça-feira, 18h30, no Museu da República/RJ, a 57ª Jornada Republicana abordará a realidade de mulheres que dão a luz dentro de prisões brasileiras e as relações entre mães detentas e seus filhos e filhas fora da prisão.

Na mesa, estarão a médica Maria do Carmo Leal, que é doutora em Saúde Pública e, entre outros trabalhos, coordenou o estudo “Nascer nas Prisões”, que expõe o panorama da gestação e do nascimento nos cárceres brasileiros, e  Nana Moraes, fotógrafa, com um trabalho tocante sobre as relações de mulheres presas com seus filhos e filhas não encarcerados.

OLHARES FEMININOS NO CÁRCERE

Com ciência e arte, a 57ª Jornada Republicana do Museu da República abordará a realidade de mulheres que dão a luz dentro de prisões brasileiras e as relações entre mães detentas e seus filhos e filhas fora da prisão.

DEBATEDORAS

Maria do Carmo Leal é médica, doutora em Saúde Pública, pesquisadora titular na Fiocruz e professora de pós-graduação em Epidemiologia e Saúde Pública. Coordenou número expressivo de pesquisas com ênfase na saúde da mulher e da criança e na avaliação de serviços de saúde. Em 2011, liderou o primeiro estudo nacional sobre parto e nascimento, intitulado “Nascer no Brasil”. No estudo “Nascer nas Prisões”, expõe o panorama da gestação e do nascimento nos cárceres brasileiros.

Nana Moraes é fotografa, com trabalhos nas áreas editorial, cultural e publicitária. Coordena o Retrato Espaço Cultural. Produziu e participou de várias exposições, no Brasil e no exterior. Em 2007, iniciou a trilogia de livros “Des Amadas”, abordando a realidade de mulheres marginalizadas eestigmatizadas. Publicou “Andorinhas”, em que retrata a vida de prostitutas de estrada. No trabalho “Ausência”, trata das relações de mulheres presas com seus filhos e filhas não encarcerados.

Dia 19 de março de 2019 (terça-feira). 18h30 a 20h30.

Local: Espaço Multimídia do Museu da República.


Por Pedro Pereira Leite

Dinamizador do Museu Educação Global e Diversidade Cultural
Museu Afro Digital - Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.